top of page
Para receber novidades, inscreva-se:

Obrigado pelo contato!

Este é um blog de participação espontânea e colaborativa.

As opiniões aqui emitidas não refletem o pensamento da Editora.

Os 15 livros mais vendidos de todos os tempos

Por Andreia Marques



Recentemente, a Revista Bula publicou o resultado de um estudo que elencava os livros mais vendidos de todos os tempos. Esse estudo foi promovido por diversas entidades e empresas internacionais de grande renome como “Washington Post”, “The Guardian”, “New York Times”, “Reader’s Digest”, International Publishers Association (IPA), Nielsen e GfK.


Durante o levantamento foram levadas em conta apenas as obras literárias, ou seja, biografias, livros religiosos, políticos, educacionais e de curiosidades não entraram nessa lista, que tem o brasileiro "O Alquimista", de Paulo Coelho, na sexta posição do ranking, ficando à frente de best-sellers como "Harry Potter e a Pedra Filosofal" e "O Apanhador no Campo de Centeio".


Curiosamente, apesar todas as obras terem vendido milhões de cópias pelo mundo, algumas delas não são muito conhecidas por aqui, como "O Mestre e Margarida", do russo Mikhail Bulgákov, e "Ela, a Feiticeira", do britânico Rider Haggard (o mesmo que escreveu "As Minas do Rei Salomão").


Assim, seguimos para a lista completa, obedecendo a ordem dos campeões de vendas.



1. Dom Quixote

Livro: Dom Quixote

Autor: Miguel de Cervantes

Ano: 1605

Total de vendas: Entre 400 e 500 milhões de exemplares

Sinopse: Influenciado pelas gloriosas histórias de cavalaria, um homem já de idade avançada resolve se aventurar pelo mundo montado em um pangaré e em companhia de um simples camponês. Nesta adaptação, as aventuras de Dom Quixote e Sancho Pança exaltam a essência do Cavaleiro da Triste Figura.




2. O Conde de Monte Cristo

Livro: O Conde de Monte Cristo

Autor: Alexandre Dumas

Ano: 1844

Total de vendas: Entre 200 e 250 milhões exemplares

Sinopse: Um dos maiores clássicos da literatura francesa há mais de 150 anos, “O conde de Monte-Cristo” gira em torno de Edmond Dantè, que é preso por um crime que não cometeu. Ao sair da prisão, Edmond vai à busca de vingança contra seus inimigos. Uma trama repleta de reviravoltas dignas de um jogo de xadrez.




3. Um Conto de Duas Cidades

Livro: Um Conto de Duas Cidades

Autor: Charles Dickes

Ano: 1959

Total de vendas: Entre 180 e 250 milhões de exemplares

Sinopse: Um conto de duas cidades é aventura, romance e tragédia a serviço da crítica social. Dickens retrata as sociedades inglesa e francesa no período pré-Revolução Francesa, abordando o impacto causado nas camadas sociais: o aristocrata, o burguês, o camponês, o malandro e o vagabundo. Contrapondo-se a eles, está o povo miserável de Paris e seus arredores, ora animalizado na pobreza à qual os empurrou uma voraz aristocracia, ora plateia ensandecida do espetáculo dantesco de La Guillotine.




4. O Pequeno Príncipe

Livro: O Pequeno Príncipe

Autor: Saint-Exupéry

Ano: 1943

Total de vendas: Entre 150 e 180 milhões de exemplares

Sinopse: Nesta clássica história que marcou gerações de leitores em todo o mundo, um piloto cai com seu avião no deserto do Saara e encontra um pequeno príncipe, que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana.




5. O Senhor dos Anéis

Livro: O Senhor dos Anéis

Autor: J. R. R. Tolkien

Ano: 1954-1955

Total de vendas: Entre 150 e 170 milhões de exemplares

Sinopse: A Sociedade do Anel começa no Condado, a região rural do oeste da Terra-média onde vivem os diminutos e pacatos hobbits. Bilbo Bolseiro, um dos raros aventureiros desse povo, cujas peripécias foram contadas em O Hobbit, resolve ir embora do Condado e deixa sua considerável herança nas mãos de seu jovem parente Frodo. O mais importante legado de Bilbo é o anel mágico que costumava usar para se tornar invisível. No entanto, o mago Gandalf, companheiro de aventuras do velho hobbit, revela a Frodo que o objeto é o Um Anel, a raiz do poder demoníaco de Sauron, o Senhor Sombrio, que deseja escravizar todos os povos da Terra-média. A única maneira de eliminar a ameaça de Sauron é destruir o Um Anel nas entranhas da própria montanha de fogo onde foi forjado. A revelação faz com que Frodo e seus companheiros hobbits Sam, Merry e Pippin deixem a segurança do Condado e iniciem uma perigosa jornada rumo ao leste. Ao lado de representantes dos outros Povos Livres que resistem ao Senhor Sombrio, eles formam a Sociedade do Anel.




6. O Alquimista

Livro: O Alquimista

Autor: Paulo Coelho

Ano: 1988

Total de vendas: Mais de 150 milhões de exemplares

Sinopse: Combinando espiritualidade, sabedoria e misticismo, O alquimista é uma inspiradora e emocionante história de autodescoberta que vem transformando a vida de milhões de leitores ao redor do mundo há mais de trinta anos.




7. Cinquenta Tons de Cinza

Livro: Cinquenta Tons de Cinza

Autora: E. L. James

Ano: 2011

Total de vendas: Entre 120 e 130 milhões de exemplares

Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...




8. Harry Potter e a Pedra Filosofal

Livro: Harry Potter e a Pedra Filosofal

Autora: J. K. Rowling

Ano: 1997

Total de vendas: Entre 110 e 130 milhões de exemplares

Sinopse: Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais.




9. Alice no País das Maravilhas 

Livro: Alice no País das Maravilhas

Autor: Lewis Carroll

Ano: 1965

Total de vendas: Mais de 100 milhões de exemplares

Sinopse: Esta é a história sobre uma garotinha caindo de um buraco de coelho que se tornou a heroína mais popular da literatura inglesa. Enquanto Alice explora um mundo subterrâneo bizarro, ela encontra um elenco de personagens estranhos e fantasiosos: o apressado Coelho Branco, o Chapeleiro Maluco, o sorridente gato Cheshire, os gêmeos, a terrível Rainha de Copas e outras criaturas extraordinárias.




10. E Não Sobrou Nenhum

Livro: E Não Sobrou Nenhum

Autora: Agatha Christie

Ano: 1939

Total de vendas: Entre 90 e 120 milhões de exemplares

Sinopse: Uma ilha misteriosa, um poema infantil, dez soldadinhos de porcelana e muito suspense são os ingredientes com que Agatha Christie constrói seu romance mais importante. Na ilha do Soldado, antiga propriedade de um milionário norte-americano, dez pessoas sem nenhuma ligação aparente são confrontadas por uma voz misteriosa com fatos marcantes de seus passados. Convidados pelo misterioso Mr. Owen, nenhum dos presentes tem muita certeza de por que estão ali, a despeito de conjecturas pouco convincentes que os leva a crer que passariam um agradável período de descanso em mordomia. Entretanto, já na primeira noite, o mistério e o suspense se abatem sobre eles e, num instante, todos são suspeitos, todos são vítimas e todos são culpados.




11. O Mestre e Margarida

Livro: O Mestre e Margarida

Autor: Mikhail Bulgákov

Ano: 1967

Total de vendas: Entre 90 e 100 milhões de exemplares

Sinopse: O mestre e Margarida narra a fantástica chegada do diabo em plena Moscou comunista dos anos 1930. Tudo começa em uma tarde de primavera, quando Satanás e seu séquito diabólico decidem visitar a cidade e encontram poetas, editores, burocratas e todo tipo de pessoas tentando levar a vida em pleno regime comunista. Depois dessa visita, nada será como antes: um rastro de destruição e loucura mudará o destino de quem cruzá-lo. A brilhante narrativa de Bulgákov vai muito além de seus aspectos fantásticos e cômicos. Com um estilo absolutamente original, Bulgákov aborda a liberdade da escrita e a força do amor em tempos adversos, e faz uma sátira devastadora da vida sob o regime soviético. Bulgákov levou cerca de dez anos para terminar o livro e chegou a queimar uma versão inicial. Apenas seu círculo mais íntimo de conhecidos sabia da existência do romance e, também, da impossibilidade de lançá-lo durante o regime stalinista. O livro sobreviveu por mais de duas décadas e, contra todas as previsões, tornou-se um fenômeno. Acabou, assim, por confirmar uma frase dita no romance pelo próprio diabo, e que na Rússia se tornou proverbial: "Manuscritos não ardem".




12. O Sonho da Câmara Vermelha

Livro: O Sonho da Câmara Vermelha

Autor: Cao Xueqin

Ano: 1791

Total de vendas: Entre 80 e 100 milhões de exemplares

Sinopse: O tema principal gira em torno de um triângulo amoroso entre o personagem principal, Jia Baoyu, que ama sua prima adoentada Lin Daiyu, mas que está predestinado a se casar com outra prima, Xue Baochai.




13. O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa 

Livro: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

Autor: C. S. Lewis

Ano: 1950

Total de vendas: Entre 75 e 90 milhões de exemplares

Sinopse: 'Dizem que Aslam está a caminho. Talvez já tenha chegado', sussurrou o Castor. Edmundo experimentou uma misteriosa sensação de horror. Pedro sentiu-se valente e vigoroso. Para Susana, foi como se uma música deliciosa tivesse enchido o ar. E Lúcia teve aquele mesmo sentimento que nos desperta a chegada do verão. Assim, no coração da terra encantada de Nárnia, as crianças lançaram-se na mais excitante e mágica aventura que alguém já escreveu.




14. Ela, a Feiticeira

Livro: Ela, a Feiticeira

Autor: Henry Rider Haggard

Ano: 1887

Total de vendas: Entre 70 e 80 milhões de exemplares

Sinopse: Ela, a Feiticeira, publicado originalmente em 1887, é um best-seller de H. Rider Haggard. Um delicioso romance de aventura com a história de Horace Holly, um professor de Cambridge que, juntamente com o seu pupilo Leo Vincey e seu servo Job, realizam uma viagem para uma região inexplorada do interior da África em busca de um povo primitivo e seus mistérios.




15. O Apanhador no Campo de Centeio

Livro: O Apanhador no Campo de Centeio

Autor: J. D. Salinger

Ano: 1951

Total de vendas: Mais de 65 milhões de exemplares

Sinopse: Holden Caulfield conseguiu ser expulso de mais uma escola. Com uns trocados da venda de uma máquina de escrever e portando seu indefectível boné vermelho de caçador, o jovem traça um plano incerto: tomar um trem para Nova York e vagar por três dias pela grande cidade, adiando a volta à casa dos pais até que eles recebam a notícia da expulsão por alguém da escola. Seus dias e noites serão marcados por encontros confusos, e ocasionalmente comoventes, com estranhos, brigas com os tipos mais desprezíveis, encontros com ex-namoradas, visitas à sua irmã Phoebe -- a única criatura neste mundo que parece entendê-lo -- e por dúvidas que irão consumi-lo durante sua estadia, entre elas uma questão recorrente: afinal, para onde vão os patos do Central Park no inverno? Acima de todos esses fatos, preocupações e pensamentos, paira a inimitável voz de Holden, o adolescente raivoso e idealista que quer desbancar o mundo dos "fajutos", num turbilhão quase sem fim de ressentimento, humor, frases lapidares, insegurança, bravatas e rebelião juvenil.





Você já leu algum livro desta lista? Conhecia todos os livros citados? Deixe suas impressões nos comentários.



Grande abraço! :)




 

Autoria



Andreia Marques, fundadora da editora Panóplia, é filósofa, escritora, poetisa, mediadora de leitura, blogueira e designer. Publicou oito livros infantis e participou de diversas antologias. Nasceu no Rio de Janeiro, em 1978. Foi durante a infância que se encantou por literatura e fantasia, escrevendo sua primeira história aos dez anos, através de uma atividade escolar. Mais tarde, vindo a trabalhar como designer, encontrou no mundo das imagens uma outra forma de contar histórias e começou a produzir literatura infantil.





 


Fontes:


1. Matéria: LEITE, Carlos Willian. Os 15 livros mais vendidos de todos os tempos. Revista Bula, Brasília e Goiânia, 17 de jul. de 2020. Disponível em: <https://www.revistabula.com/475-os-10-livros-mais-vendidos-da-historia/>. Acesso em: 14 de set. de 2021.


留言


Deixe seu comentário

Posts recentes

bottom of page