Para receber novidades, inscreva-se:

Este é um blog de participação espontânea e colaborativa.

As opiniões aqui emitidas não refletem o pensamento da Editora.

Ah, as palavras...

Por Fabiana Esteves



Quem me conhece sabe que a minha grande paixão é a palavra. E para quem gosta das palavras não há coisa mais instigante do que ver alguém aprendendo o significado delas.


Laís era a perguntadeira de plantão, mas volta e meia a Ísis também vinha com a questão mais recorrente aqui em casa na época: "O que é isso?" Qualquer objeto merecia repetir a fala, mas mesmo quando elas sabiam o nome a mesma também valia para perguntar a cor do dito cujo. O pai vivia rindo, elas se intrometiam até no que a gente conversava: "Você tava onde mãe?" "O que aconteceu, mãe?" "O quê, mãe?"


Um dia eu me surpreendi com o espanto da Laís acerca de uma palavra que usei: "Mamãe colocou QUEIJO na sua comida." Ela logo levou a mão ao próprio QUEIXO e perguntou: "Isso aqui, mamãe?", decerto pensando como eu fiz para colocar o queixo de uma pessoa na comida dela... Delírios canibalescos? Eu tentei explicar a diferença de som, mas foi em vão, ela continuava sem entender muito. O significado é bem mais forte, então deixei que ela ficasse pensando que se tratava apenas da mesma palavra que servia para falar de duas coisas diferentes.


Ainda assim, quando a gente comia queijo (ou seja, todo dia, porque eu amo queijo) surgia aquela interrogação no rosto da criaturinha... Até que ela soubesse distinguir os sons do x e do j, não mencionei mais estas observações tediosas vindas da didática... Concentramo-nos no mais importante, que, naquele momento, era curtir a delícia de aprender as manhas da língua portuguesa, enquanto ela não vinha embalada nas chatíssimas regras gramaticais. Deu certo! Ainda hoje elas continuam apaixonadas pelas palavras e por seus múltiplos significados...




Fabiana Esteves e suas filhas Ísis e Laís.




Autoria


Autora Fabiana Esteves

Fabiana Esteves é Pedagoga formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNiRIO) e Especialista em Administração Escolar. Trabalhou como professora alfabetizadora na Prefeitura do Rio de Janeiro e no Estado do Rio com Educação de Jovens e Adultos. Trabalhou como assessora pedagógica e formadora nos cursos FAP (Formação em alfabetização Plena) e ALFALETRAR, ambos promovidos pela Secretaria de Educação do mesmo município. Também foi Orientadora de Estudos do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa, programa de formação em parceria do município com o MEC. Em 2015 coordenou a Divisão de Leitura da SME de Duque de Caxias (RJ). Atualmente, é Orientadora Pedagógica da Prefeitura de Duque de Caxias, onde tem se dedicado à formação docente. Escritora e poeta, participou de concursos de poesia promovidos pelo SESC (1º lugar em 1995 e 3º lugar em 1999) e teve seus textos publicados em diversas antologias pela Editora Litteris. Escreve para os blogs “Mami em dose dupla” e “Proseteando”. Publicou os livros “In-verso”, "Pó de Saudade", "Maiúscula", "A Encantadora de Barcos" e "Coisas de Sentir, de Comer e de Vestir". É mãe das gêmeas Laís e Ísis.

Blog: http://fabianaesteves.blogspot.com

Deixe seu comentário

Posts recentes

Início   |  Coleção Lendas Brasileiras   |   Originais   |  Política de Privacidade   |   Blog   |    Loja    |  Fale Conosco

 

Panóplia Cultural - CNPJ 30.877.808/0001-12

Fanpage: f/EditoraPanoplia

Instagram: @editorapanoplia

E-mail: contato@editorapanoplia.com.br

Telefone: (21) 99367-3411 (WhatsApp)

Rua Wilson Barroso, 47, São Bento

Duque de Caxias / RJ


©2019-2021 by Panóplia Cultural.