Para receber novidades, inscreva-se:

Obrigado pelo contato!

Este é um blog de participação espontânea e colaborativa.

As opiniões aqui emitidas não refletem o pensamento da Editora.

A mãe que eu quero ser

Por Fabiana Esteves



Antes de usar qualquer palavra eu clamo pela libertação dela mesma. Pelo seu direito de algum dia ser silêncio alegre. E penso na mãe que eu quero ser. Quero ser causa e consequência das tuas pequenas andanças. Quero ser mais do que simples mão que consola ou corrige. Quero ser a luz que guia tua corrida nua antes do banho gelado. Quero ser mais do que simples direção, do que simples colher que chega à tua boca. Quero ser mais do que o olhar que vela, mais do que a voz que pede a repetição da reza, mais do que as pernas que ensaiam coreografias. Quero ser mais do que a mão que traz a água para limpar o pincel, mais do que a portadora da cédula que compra as tintas e os cadernos. Quero ser parte tua como és minha, ser mais do que só um grito que alerta do perigo, que regula tuas passadas… Quero ser teu véu diante das atrocidades, aquela que vai buscar a Lua no livro e folheia os canais da TV até encontrar um que te agrade. Quero ser mais do que os dedos que puxam a calcinha da gaveta, mais do que o gesto sensato que oferece a seringa amarga. Quero ser, antes de tudo, o silêncio que fala nas fotografias, a voz emblemática que te diz um segredo no ouvido e sente a benção da sua respiração a cada instante.



Nas fotos acima, Ísis e Laís, filhas de Fabiana Esteves.




Autoria



Fabiana Esteves é Pedagoga formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNiRIO) e Especialista em Administração Escolar. Trabalhou como professora alfabetizadora na Prefeitura do Rio de Janeiro e no Estado do Rio com Educação de Jovens e Adultos. Trabalhou como assessora pedagógica e formadora nos cursos FAP (Formação em alfabetização Plena) e ALFALETRAR, ambos promovidos pela Secretaria de Educação do mesmo município. Também foi Orientadora de Estudos do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa, progra