top of page
Para receber novidades, inscreva-se:

Obrigado pelo contato!

Este é um blog de participação espontânea e colaborativa.

As opiniões aqui emitidas não refletem o pensamento da Editora.

2 de novembro

Por Camilo de Lellis Fontanin


Homem olhando pra cima

02 de Novembro...


Nessa data eu consigo sentir todo o peso da saudades que eu tenho da minha Família. Já não tenho mais avós, pais, a maioria das minhas tias, e 99% dos meus tios. E minha única Irmã, que eu tinha convivido por mais de 50 anos, também já não está mais comigo.


Dá uma tristeza muito grande a princípio... Mas, conforme o tempo vai passando, essa tristeza vai se tornando a mais pura saudade e gratidão.


Sou e serei eternamente grato a todos os meus Familiares que já se foram, assim também com os que estão vivos.


Mas, também, tenho uma dívida de gratidão a todos e todas profissionais que cuidaram e ainda cuidam de mim.


Eu não irei esquecer tão facilmente da Amanda, Thais, Leila, Valdecleide, Juliana, Bruno, Aide, Rose, Fernanda, Maynara, Andrezza, Andrea, Noemi e Emyli. Essas foram algumas das que já cuidaram de mim e peço desculpas a quem eu deixei de fora e que também foi muito importante para mim. Gratidão, também, às que estão me ajudando a recuperar minha autonomia e capacidades físicas: Creuza, Semy, Rosi, Laurinda e Jaqueline.


E não poderia me esquecer das duas melhores cuidadoras que eu já tive até hoje: Lúcia e sua abençoada filha Ana Paula.


Deixo, aqui, a minha gratidão especial ao meu cunhado-irmão, Zenas ou Zenão.


E, por fim, agradeço à pessoa a quem eu tenho uma gratidão ENORME e ETERNA: Tia Cinira.



Flor


 

Autoria



Camilo de Lellis Fontanin nasceu em 1962, na cidade de Americana. São mais de 50 anos de amor aos livros de Poesia, Romance, Conto, Crônica e também aos livros de Psicologia, Psicanálise e Física.

Comments


Deixe seu comentário

Posts recentes

logo-panoplia.png
bottom of page