Vânia Pinheiro

foto_vania.jpg

Vânia Pinheiro nasceu em 28 de abril de 1969, na cidade de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Iniciou a sua trajetória literária aos 16 anos, participando do concurso “Master de Literatura da Baixada”, no qual obteve a publicação do poema “Raízes findas”. Participou das antologias literárias: Palavras além do tempo (2004) e Mulheres das letras (2019). É professora de Língua Portuguesa, Literaturas e Produção Textual da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC/RJ), além de ser escritora e contadora de histórias. Possui Graduação em Letras – Português/Inglês pelo Centro Universitário Augusto Motta, Pós-graduação em Psicopedagogia pela Faculdade Internacional Signorelli. Especialização em Literatura Brasileira pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e em Educação Infantil pela Faculdade Internacional Signorelli. Em 2019, publicou o livro infantil A menina do vestido azul e o colar de conchas. Gosta de escrever para expressar a forma como percebe e sente o mundo que a cerca.

Livro selo Panóplia

capa.jpg

“Salzinho da Terra”

Editora Panóplia, Livro de colorir, Ano: 2022

 

"Salzinho da Terra é uma obra encantadora que ultrapassa as fronteiras do universo infantil, levando-nos a refletir sobre a educação das crianças, a busca incansável pelo desenvolvimento psicossocial delas sem perder a leveza, a delicadeza e a ternura. Esta é a história do vovô João e seus netos Leonardo e Luciano. Com um olhar atento, o avô acompanha o crescimento dos meninos, como cada um age diante das situações cotidianas, buscando orientá-los, a fim de que possam ser felizes. Nós vivemos em um mundo tão egocêntrico, onde algumas pessoas se posicionam como “o centro das atenções”, relegando as outras à margem. Assim, destacam suas próprias características, não dando voz a ninguém, tampouco se colocando no lugar do outro. Como ficam as crianças nesse contexto? Integrá-las, ou deixá-las isoladas? Sem dúvida, precisam ser incluídas (e acolhidas) socialmente. Quando isso acontece, tornam-se mais confiantes para os desafios da vida adulta. Eis a questão: como fazer? Nem sempre temos todas as respostas, todavia podemos dialogar, dar bons exemplos, para que se tornem adultos conscientes de que são humanos suscetíveis a erros, mas também capazes de reconhecê-los e modificar-se. Talvez o amor seja a chave para uma sociedade mais solidária e feliz. Este livro delicado e sensível aborda esses temas. Que tal percorrer estas páginas?!

Gira o cata-vento em mãos tão pequeninas – Assim, o mundo." Fabiana Lessa

 

Comprar